sexta-feira, abril 11, 2008

Extensões estendidas

Quem me conhece sabe, mesmo com todo meu distúrbio de déficit de atenção para coisas baldias, mesmo com toda convulsão causada por informações em demasia sem interlocuções sadias, permaneço viva na saga da mulher polvo. Mil e um tentáculos para mil e umas tentativas de sobrevivência. Nos últimos dias saí pela rede pesquisando ares musicais não tão abrasileirados, como a italiana, chinesa, angolana, francesa, alemã e por aí fui. Meus ouvidos e miolos estão bem agradecidos. Os efeitos colaterais são diversos, a cada canção uma manifestação entra em vigor. Recomendo para todas as pessoas fugir um pouco da extensão.br e navegar por novos mundos bem estendidos. É deliciosamente alucinógeno e incrivelmente interessante, bem interessante!

Para quem não conhece, dica:

Amélie Les Crayons – cantora estilo lápis de cor, maravilhosa, que tive o prazer de conhecê-la, o responsável disso? Meu mais novo colegamigo Ricardo Moraleida. De quebra, ainda, ganhei um DVD sensacional. Valeu Moraleida!


4 comentários:

Ricardo Moraleida disse...

servimos bem para servir sempre?

Dolfo disse...

Realment quanto mais a gente navega, mais lugar interessante aparece. Hoje por exemplo parei meu barco aqui e curti.

Bjos.

Cássio Amaral disse...

Dani,

Muito legal seu blog. E gosto da sua poesia. Amiga, me diga seu email para eu te mandar meus livros q coloquei em pdf.
Meu email: camal567@gmail.com

Beijo e muita luz.

SAMANTHA ABREU disse...

nossaaaaaa
que lindo!
já sou fãnzaçã da chanson francesa... e essa, linda...
um melancolia gostosa...

Um beijo, Dani!