quinta-feira, fevereiro 17, 2011

Tantas horas
Quantos minutos
Enquanto os segundos
Fazem mil voltas...
Tantas voltas
Quanto absurdo
Enquanto os insultos
Fazem revoltas...
Tantas revoltas
Quantos intuitos
Enquanto os incultos
Fazem histórias...

4 comentários:

Michele Peixoto disse...

A cada fração de segundo, temos a oportunidade da descoberta. Descoberta essa que nos aprimora na vida.
E muitas verdades descobertas que por vezes não tão agradável, mas é a realidade.
Bjos amiga
adorei o poema!!

C.Stº disse...

Estou sem palavras!!!

Ricardo N disse...

A história se faz em nossos livros enquanto a morte tricota o tempo.

Felipe Campos Peres disse...

Caralho, muito bom!