quinta-feira, novembro 10, 2011

Mudanças

Não adianta, há pausas em nossa vida que é preciso se esconder no escuro. Descobrir a venda com o interior, pra abrir espaço aos novos hábitos e criar mudanças. Pra mim mudança é sinônimo de evolução. Não deixo de ser quem sou, mas passo a fazer escolhas concretas e seletivas. Personifico o caráter. É isso! Alinhavando os pontos de ontem sem remendas para o agora. Quando o escuro chega, o melhor sempre é não ter medo. É preciso enfrentar tudo que incomoda, sair da zona de conforto, ficar quieta e em silêncio. Só rastreando com os sentidos os novos focos de luz. E quando a luz chega, já era! A mudança com certeza vai fazer o hábito. Mas, e o hábito?! O hábito? Esse aí é fiel demais, nunca vai perder o hábito de aguardar um novo escuro chegar, pra tudo recomeçar, nem que seja só mais uma vez...

3 comentários:

Fausto Jacob disse...

Bom dia!
Citei você no meu blog, depois dá uma olhada lá no meu espaço.
Gostei do seu blog e já estou seguindo, espero que faça o mesmo!
FaustoJacob

António Jesus Batalha disse...

Estive a ver algumas coisas em seu blog. Desejo deixar um convite, tenho um blog com o nome de Peregrino e Servo. Meu nome é Antonio Batalha sou portugues. Se desejar fazer parte, eu ficaria radiante em tê-la como minha amiga virtual, isto é, nao quero que se sinta coagida a faze-lo mas apenas se deseja. Se achar que nao merece a pena fico-lhe grato na mesma. Decerto irei retribuir seguindo o seu blog também. Um obrigado.

Leo Almeida disse...

Onde há sombras, há o foco de luz. Procure sempre dentro.