terça-feira, outubro 02, 2007

poema-estrela

Um acorde desdobra

Na coberta da aurora

E paira na abóbada

Cortando o ar

Na finita vida

Que enfim desvia

Um mundo particular

Esbelta formosura

No céu desfila os sambas

De quem um dia excitou cantar

Dos amores de recortes

Que os picotes já sangraram

Mas souberam noutro dia se atar

Os dilúvios que molham

Brotaram às secas

Das sementes adormecidas

Que perseguem imagens

Intactas

Agora,

Estrelas

3 comentários:

Anônimo disse...

não canso nunca de repetir.
como vc é linda...
bj.

Edson Marques disse...

Imagens, agoras, estrelas...

Adorei!

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If he will be possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll I thankful, bye friend).